EnglishSpanishPortuguese

O Hotel Estação 101 recebe muitos hóspedes especiais e adoramos poder contar um pouquinho da história de cada um deles. Dessa vez foi a Esquadrilha da Fumaça que passou por nossas habitações. É sempre muito satisfatório receber tantas culturas diferentes em nosso hotel. Esquadrilha da Fumaça é o nome mais conhecido do “Esquadrão de Demonstração Aérea” que é formado por pilotos e mecânicos da Força Aérea Brasileira, a tarefa desses heróis é viajar por nosso país e pelo mundo realizando demonstrações e acrobacias aéreas.

O Esquadrão de Demonstração Aérea tem como objetivo aproximar a aeronáutica civil e militar, registrar a presença do Brasil nos eventos exteriores e realizar a integração da Aeronáutica com outras Forças Armadas, e claro, incentivar todos aqueles que assistem suas lindas acrobacias e nos orgulhar pela qualidade do trabalho prestado.

22

Esquadrão de Demonstração Aérea em sua passagem pelo Hotel Estação 101

 

Uma história para ser contada – Esquadrilha da Fumaça

Assim como todas as histórias que escutamos quando éramos criança essa também tem sua magia, quem teve algum parente dentro de casa que gostasse de avião já deve ter escutado, ou ouviu falar muito dessa paixão. Os aviões são amores antigos, um grande invento do homem que mudou a forma de como passamos a enxergar o mundo. Hoje com tanto avanço tornou-se um meio de transporte bem acessível, e nunca deixou de ser o sonho de profissão de muitas crianças.

A antiga Escola de Aeronáutica do Brasil estava localizada no Rio de Janeiro, nas horas vagas os pilotos estudantes realizavam acrobacias em grupo, além de encantar todo mundo e deixar o céu mais bonito, era a forma como eles demonstravam para os cadetes suas aptidões, desta maneira eles podiam colocar em prática todas as técnicas aprendidas na escola e ganhar alguns pontos a mais.

As acrobacias acabavam sendo apreciadas apenas por quem já fazia parte da escola, mas em 1952, durante a visita de uma comitiva estrangeira a escola notou a necessidade das apresentações. A fumaça veio no ano seguinte com a aeronave NA T-6, que continha um tanque de óleo para a produção de fumaça. Obviamente que os anos se passaram e a qualidade das aeronaves foram melhorando e alguns materiais se modificando mas o ideal e o valor da Esquadrilha da Fumaça continuou vivo e pulsando. Hoje a escola está localizada em Pirassununga, no estado de São Paulo.

Mas infelizmente algumas tragédias marcam a história da Esquadrilha da Fumaça e muitas delas em nossa região. A capital Florianópolis possui uma praça conhecida como Praça do Avião, perto do Largo Benjamin Constant. No dia 28 de novembro de 1961, durante uma apresentação de solenidade militar, dois aviões se chocaram no ar, um deles caiu no centro da cidade, o outro conseguiu realizar um pouso de emergência. O município de Rio Negrinho também presenciou uma tragédia com a Esquadrilha da Fumaça. No dia 1 de maio de 1995 o piloto da aeronave número 7 não conseguiu realizar a manobra Lancevak e acabou morrendo, em seguida a manobra foi substituída pela Grossura, que provoca o mesmo efeito com a fumaça.


Algumas das manobras feitas pela Esquadrilha da Fumaça no sobrevoo feito aqui no Hotel Estação 101.

14325

Share via
Copy link