O maior parque temático da América Latina está pertinho do Hotel Estação 101. A apenas 15 quilômetros do hotel, no município de Penha, o Beto Carrero World encanta e diverte crianças de todas as idades desde 1991.

Já sabemos que existem opções divertidas para todos os gostos. Brinquedos radicais para quem curte adrenalina, passeios divertidos para quem busca curtir com tranquilidade, espaços temáticos e área de zoológico.

No entanto, há detalhes que são pouco conhecidos mesmo pelos fãs do parque. Que tal conhecer um pouco mais sobre esse lugar fantástico?

  • O personagem que dá nome ao parque, Beto Carrero, é criação do empresário e artista João Batista Sérgio Murad. Nascido em 1937, em São José do Rio Preto – SP, ele encarnou o cowboy até o fim de sua vida. Murad faleceu em 2008.
  • O empresário foi um grande fã do personagem Zorro, que serviu de inspiração para a sua criação ser uma versão brasileira desse tipo de ficção.
  • Atualmente, o parque é considerado Walt Disney brasileiro.
  • Nos anos 1970, Beto Carrero já era famoso e fazia shows pelo Brasil todo como um herói que protegia os mais pobres e os animais.
  • O nome Beto Carrero é inspirado no pai de Sérgio Murad, Alexandre Carrero. O empresário sempre teve na figura paterna o principal norte para seguir com sua carreira.
  • O personagem do Betinho Carrero foi criado em 2006 para ser um mascote do Beto Carrero. O menino é considerado o fã numero um do Beto Carrero e se veste como ele.
  • A área total do parque equivale a 14 mil parques de futebol.
  • O zoológico do Beto Carrero é estruturado com áreas que simulam o habitat natural dos animais que lá vivem. Nenhuma espécie fica muito exposta nem participa de shows.
  • No total, o parque conta com 118 mamíferos, 877 aves e 48 répteis.
  • O zoológico do Beto Carrero também faz o trabalho de reabilitação dos animais para devolvê-los a natureza. A equipe responsável pelo zoo é composta por especialistas de veterinária, zootecnia, entre outros, que cuidam do bem estar e alimentação dos animais.
  • Os loopings da Star Mountain são chamados tecnicamente de Corlscrew ou de saca-rolhas.
  • A FireWhip atinge velocidade de 100km/hora durante sua primeira queda. Ao todo, a montanha russa possui cinco inversões durante o trajeto.
  • A Big Tower é a maior torre de queda livre da América Latina, totalizando 100 metros – equivale a um prédio de 30 andares. A caída chega a uma velocidade de 120km/hora. Os freios são magnéticos, e por isso não apresentam desgastes.
  • O Madagascar Circus Show foi considerado o melhor do mundo pela DreamWorks Animation, que é o estúdio responsável pela animação.
  • Aniversariantes não precisam pagar pelo passaporte.
  • No espaço no parque, há um memorial em homenagem à trajetória do empresário Sérgio Murad, onde é possível conhecer sobre seu estilo de vida, suas roupas, carro, trailer de viagens, entre outros itens que pertenceram ao artista e ajudam a contar a sua história.

São diversos os ambientes do Beto Carrero e todos tem em comum o fato de serem fruto de um sonho. Visitar o parque é uma experiência única. É a oportunidade de viver o sonho do idealizador com uma sensação onírica, transitando entre o real e o imaginário.

Além de todas as atrações de brinquedos e ambientes temáticos, há diversos shows que variam de acordo com a época do ano. Em dezembro, o parque abriga o Villa Mix, que é um grande evento da música sertaneja e da música eletrônica. Vale a pena conferir!

A visita ao Beto Carrero é um passeio incrível em qualquer época do ano. Para aproveitar todas as atrações com tranquilidade, conte com o conforto do Hotel Estação 101 durante a hospedagem.

Bom divertimento!